Mortos em tragédia no Rio chegam a 836; mais de 500 estão desaparecidos

Em Teresópolis, 244 pessoas estão desaparecidas; lista pode ser consultada no site do Ministério Público

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo, e Priscila Trindade, da Central de Notícias,

26 de janeiro de 2011 | 09h58

RIO - O número de mortos na região serrana chega a 836, de acordo com o balanço divulgado pela Polícia Civil no fim da manhã desta quarta-feira, 26. De acordo com o levantamento, 344 pessoas morreram em Teresópolis, 399 em Nova Friburgo. Outras 67 morreram em Itaipava (distrito de Petrópolis), 21 em Sumidouro, quatro em São José do Vale do Rio Preto e uma em Bom Jardim.

 

Até a noite desta terça-feira, o Programa de Identificação de Vítimas (PIV) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) contabilizou 541 registros de desaparecimentos em toda a Região Serrana. Somente em Teresópolis, uma da áreas mais atingidas pelas enxurradas e deslizamentos, são 244 desaparecidos. Em Nova Friburgo, 185 pessoas ainda não foram encontradas.

 

O PIV consolida diariamente as listas com informações registradas por parentes e amigos, que são checadas com os dados de hospitais e do Instituto Médico Legal (IML).

 

Na cidade, o posto funciona na Praça Luís de Camões s/nº, Centro. O posto friburguense do PIV fica na Praça Demerval Barbosa s/nº, Centro. Em Petrópolis, a unidade está localizada na Coordenação do Centro Regional, na Rua Marechal Deodoro 88, no Centro. O MP-RJ também montou um posto de atendimento avançado na Sala do MP no Fórum do Distrito de Itaipava, na Estrada União Indústria s/nº, ao lado do Corpo de Bombeiros. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

 

Os números de registros de desaparecidos são:

Teresópolis - 244

Nova Friburgo - 185

Petrópolis - 65

Localidades não informadas - 38

Sumidouro - 4

Bom Jardim - 2

São José do Vale do Rio Preto - 2

Cordeiro - 1

 

A lista nominal pode ser consultada no site do MP-RJ (www.mp.rj.gov.br). O registro de desaparecimento de familiares ou conhecidos também pode ser feito por meio de formulário (https://piv.mp.rj.gov.br/piv/index.htm), disponível no site do MP-RJ, ou pelos telefones (21) 2283-6466, 2283-6460, 2283-5674, 2283-6489 e 2283-6498.

 

Texto modificado às 16h44 para atualização

Mais conteúdo sobre:
Riomortosdesaparecidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.