Motim em presídio termina após mais de 24 horas em Mato Grosso

Confusão começou na segunda-feira, 23, depois que agentes apreenderem drogas no dia de visitas

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

25 de janeiro de 2012 | 14h31

SÃO PAULO - Cerca de 90 presos que realizaram um motim por mais de 24 horas no presídio Ferrugem, no município de Sinop, em Mato Grosso, renderam-se na tarde desta terça-feira, 24.

Segundo a polícia, a confusão começou na madrugada de segunda-feira, 23, por causa da apreensão de maconha realizada durante o domingo, 22, no dia de visitas. Os detentos se revoltaram porque a droga não conseguiu entrar no presídio e eles queimaram colchões e quebraram paredes. Ninguém se feriu.

A tropa de choque da Polícia Militar foi acionada. Equipes do Corpo de Bombeiros também estiveram no presídio. Durante o motim, familiares dos presos protestaram do lado de fora da unidade. Eles reclamaram das condições vividas pelos detentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.