Motim em Taubaté deixa 2 presos mortos

Dois presos morreram em uma rebelião na Casa de Custódia, em Taubaté, Vale do Paraíba. O motim na penitenciária considerada de segurança máxima, começou por volta das 22h30 de domingo e só terminou duas horas depois com a entrada do Batalhão de Choque no presídio. A PM soltou bombas de efeito moral e os presos voltaram para as celas. Os presos Marcelo Luiz dos Santos e Wagner Tomás de Oliveira foram mortos a tiros, em uma briga entre as facções criminosas. Outros três ficaram feridos. A rebelião, segundo a Polícia Militar, aconteceu porque um grupo de presos queria fugir. Um deles fingiu-se doente e rendeu os carcereiros, pegando as chaves das celas e abrindo algumas grades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.