Moto derrapa e mulher morre atropelada em Sorocaba

A vendedora Sônia Cristina de Brito, de 29 anos,foi atropelada e morta por um caminhão depois de cair da moto que pilotava no centro de Sorocaba, nesta terça-feira à tarde. A motocicleta derrapou numa grande mancha de óleo derramado por um caminhão.No local do acidente, na Rua Comendador Oeterer,havia também resíduos de um serviço de tapa-buraco que acabava de ser realizado pela Prefeitura e que teria contribuído para a perda de controle da moto.Com a derrapagem, Sônia foi jogada para baixo da roda traseira do caminhão placas CBL-7922, de Sorocaba, que era dirigido por Alessandro Carnelós Fornazieri, de 23 anos. Mesmo com capacete, a vendedora teve a cabeça esmagada.Depois do acidente, a Prefeitura interditou a rua para a limpeza do óleo. Foi usada serragem demadeira para absorver o produto. Moradores e comerciantes disseram ter comunicado a Prefeitura sobre o risco do óleo no asfalto antes do acidente.Uma viatura da Guarda Municipal foi deslocada para o local, mas só chegou depois. Os guardas providenciaram a sinalização da rua até achegada da equipe de limpeza. Segundo a Prefeitura, o serviço de tapa-buracos, que está sendo realizado em várias ruas da cidade afetadas pelas chuvas, não foi a causa do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.