Motoboys terão de usar placas reflexivas em motocicletas

A partir de 1º de agosto, todas as motos utilizadas por motoboys para prestação de serviços de frete ou táxi no país terão de atender à resolução 231 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A medida obriga o uso de placas com películas reflexivas nas motocicletas e veículos de duas ou três rodas, como motonetas, ciclomotores e triciclos.Outra mudança é a padronização da tipologia dos caracteres das placas, sendo obrigatória o uso da fonte Mandatory, que, segundo o Contran, facilita a identificação, por apresentar caracteres definidos e de mesma largura. Para veículos particulares, a troca de placa é obrigatória quando houver a mudança de município. Nos outros casos, o uso do novo modelo é opcional.As novas placas já são fabricadas com essa película, de 3 milímetros de altura e 50 milímetros de comprimento, que é transparente e dá maior visibilidade, principalmente à noite, diz a diretriz do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Agencia Estado,

26 de março de 2007 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.