Motoqueiro pode ser assassino de estudante morta em SP

A estudante Daniele da Silva Leite, de 18 anos, foi morta com quatro tiros, por volta das 7h desta segunda-feira, na Escola Estadual Professor Flávio La Selva, no bairro de Jardim Ângela, zona Sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, a diretora acionou a polícia assim que ouviu os disparos, mas quando os policiais chegaram a estudante já estava morta. De acordo com testemunhas, um motoqueiro teria pulado o muro e executado a jovem. A polícia investiga a possibilidade de envolvimento com drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.