Motoqueiros perseguem e matam ex-bancário na madrugada

Depois de sair de uma casa noturna, na zona norte de São Paulo, o ex-bancário Ismael Costa de Carvalho, de 33 anos, foi perseguido por motoqueiros e executado com pelo menos 10 tiros, por volta das duas horas da madrugada desta quarta-feira. O rapaz, acompanhado da assistente operacional Denise Tibúrcio Brossi, de 24 anos, dirigia um Astra prateado, quando foi perseguido por motoqueiros e ocupantes de um carro de passeio na Avenida Coronel Cezefredo Fagundes, na Vila Cachoeira.Ismael e Denise haviam se conhecido horas antes na casa noturna "Capitão Gancho", que fica na Avenida Luís Dumont Villares, no Jardim São Paulo. A polícia disse que os criminosos estavam atrás somente do rapaz, pois a garota foi atingida apenas em uma das pernas. Encaminhado ao pronto-socorro do Mandaqui, Ismael não resistiu aos ferimentos e morreu. Denise foi internada no pronto-socorro do Jaçanã. As primeiras suspeitas apontam para crime motivado por vingança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.