Motorista atira na mulher e é esfaqueado por enteado

O motorista de ambulância Mariovaldo dos Santos, de 51 anos, e a mulher dele, Nicéia Lucia Leite, de 49 anos, estão internados na Santa Casa da Misericórdia de Santos, na Baixada Santista. Ambos passam bem e não correm risco de morte. Por pouco, uma briga envolvendo o casal e um dos filhos de Nicéia, que sofre de esquizofrenia, não terminou em tragédia.O fato aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 17, no bairro do Macuco, em Santos, na Baixada Santista. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado no 3º Distrito Policial de Santos, o casal estava discutindo quando Santos disparou contra a porta do quarto onde Nicéia havia ido acalmar a sua filha. O objetivo seria apenas para dar um susto na esposa. Porém, o disparo acabou atingindo a região dorsal esquerda de Nicéia.Ao tentar socorrê-la, o marido acabou sendo esfaqueado nas costas pelo enteado Francisco Fernandes Veloso Jr., de 27 anos. Veloso Jr. sofre de esquizofrenia e na versão da família se desesperou ao ver a mãe ensangüentada. Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa, o rapaz toma medicamentos e já precisou ser internado três vezes.O delegado Cláudio Rossi disse que nenhum dos dois agentes (padrasto ou enteado) tiveram a intenção de matar. Eles vão responder em liberdade por crime de lesão corporal. A polícia divulgou que o motorista, que é funcionário da Prefeitura Municipal de Santos, possui porte de arma e o revólver é registrado. "Mas tanto a arma quando a faca foram apreendidas", explicou Rossi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.