Motorista bêbado atropela pai e filhos no interior de SP

Teste do bafômetro apontou quantidade de álcool três vezes maior que a tolerável

José Maria Tomazela,

03 de maio de 2010 | 15h43

Um motorista embriagado atropelou o marceneiro Silvio César da Silva, de 25 anos, e seus filhos Paulo, de 5 anos, e Samuel, de 3, no final da noite de domingo (3), em Araçariguama, a 55 km de São Paulo. Os três sofreram ferimentos. Como o motorista Marinésio Pereira dos Santos, de 54 anos, não apresentava condições para prestar socorro às vítimas, o próprio Sílvio, mesmo ferido, pediu aos ocupantes que saíssem do carro, assumiu o volante e levou as crianças feridas a um pronto-socorro.

 

Marinésio, que tinha saído de uma festa na companhia de três amigos, soprou o bafômetro e apresentou presença de álcool três vezes maior que a tolerável no organismo. Com a comprovação da embriaguez, foi levado para o plantão da Polícia Civil. Ele também não possuía carteira de motorista. A fiança foi fixada em R$ 1 mil, mas o acusado não pagou e foi preso. Ele permanecia detido na Cadeia Pública de São Roque nesta segunda-feira. As vítimas tiveram alta.

 

Foi o quinto caso de motorista embriagado que se envolve em acidentes no período de uma semana na região de Sorocaba. No dia 29, o motorista Rubens Silvério Paes, de 51 anos, em alta velocidade, atropelou mãe e filha no bairro do Éden, em Sorocaba. Ele, que levava uma garrafa com cachaça no carro, foi preso. A mulher continuava internada ontem. Os outros três casos também ocorreram em Sorocaba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.