Motorista de ambulância é preso com CNH falsa em Minas

Homem assumiu ter comprado o documento e afirmou que, pelo fato de dirigir uma ambulância, é pouco parado

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

13 Agosto 2008 | 11h57

O motorista de uma ambulância da Prefeitura de Mendes Pimentel, em Minas Gerais, foi detido com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa durante uma blitz de trânsito no Posto de Fiscalização da Polícia Militar Rodoviária na Rodovia BR-259, na saída para o município São Vítor.   Após manuseio da carteira, os policiais desconfiaram da autenticidade da CNH e constataram a invalidade na Base Índice Nacional de Condutores. O próprio condutor, segundo a PM, assumiu ter comprado a carteira de habilitação falsa na cidade de Mendes Pimentel, pela quantia de R$ 2.500 mil de uma pessoa conhecida apenas como Carlos.   Ainda de acordo com o motorista, ele deu R$ 1 mil de entrada ao falsário e o restante ao receber o documento. O autor ainda relatou que já utiliza o referido documento há aproximadamente dois anos e pelo fato de dirigir uma ambulância, é parado com pouca freqüência.   No momento da abordagem, o motorista retornava com o veículo da cidade de Governador Valadares com destino à cidade de Mendes Pimentel, transportando quatro pessoas adultas e uma criança, que teriam ido ao hospital em Governador Valadares para consulta.   O veículo Ducato foi removido para o Socorro Fraga e a CNH falsa foi apreendida. Foram lavrados autos de infração de trânsito no valor total de R$ 766,16 e o condutor foi autuado em flagrante na Delegacia de Polícia Civil.

Mais conteúdo sobre:
Minas Gerais CNH

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.