Motorista de ônibus é executado em Embu

Não levaram nada da catraca nem sequer invadiram o ônibus. Apenas se aproximaram do coletivo e dispararam cinco vezes. A polícia acredita em crime de vingança para dar início às investigações sobre a morte do motorista Edilson Cassiano Madureira, de 38 anos, funcionário da Viação Pirajuçara. O crime ocorreu um pouco depois da 0h desta sexta-feira, no ponto final da linha intermunicipal Pinheiros-Parque Pirajuçara, na Avenida Aymará, esquina com a Praça Doze de Outubro, em Embu, na Grande São Paulo.Era a última viagem do expediente de Edilson, que morreu a caminho do Pronto-Socorro Pirajuçara, para onde foi levado por policiais militares do 25º Batalhão. Poupado pelos bandidos, o fiscal da empresa, cujo nome não foi divulgado pela polícia, disse que dois homens mulatos, de aproximadamente 20 anos, e uma mulher, também mulata, aparentando 30 anos, armados com um revólver calibre 38, surpreenderam o motorista assim que ele preparava-se para descer do ônibus. O homicídio foi registrado pelo delegado Raul Godói Neto, do Distrito Policial de Embu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.