Motorista deve evitar sair após 14h

Pico de trânsito rumo ao litoral e ao interior deve estender-se até 23h; no domingo, é melhor voltar antes das 15h

, O Estadao de S.Paulo

10 de junho de 2009 | 00h00

A Secretaria Estadual de Transportes estima que cerca de 1,7 milhão de veículos deixarão a capital durante o feriado de Corpus Christi, entre amanhã e domingo. O número é superior ao 1,4 milhão previsto pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Ambos os órgãos recomendam que o motorista evite trafegar entre 14 e 23 horas de hoje e das 8 às 14 horas de amanhã. Na volta, o tráfego mais intenso deve ocorrer das 15h à meia-noite de domingo. A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, espera receber até 290 mil veículos. A empresa fará a Operação Descida (7x3) das 7 às 16 horas de amanhã. A volta do feriado para quem deixa a Baixada Santista será feita no esquema 2x8, entre 16 e 21 horas do sábado e das 10 às 22 horas do domingo. Na Tamoios, a Polícia Rodoviária poderá instalar uma faixa extra no trecho de serra, com início no km 64, para os carros que seguem para o litoral. O tráfego de caminhões está proibido no sentido sul, das 18 horas à meia-noite de hoje e das 8 às 12 horas de amanhã e do sábado. A restrição no sentido norte, do km 83 ao km 10, será no domingo e terça, das 15 às 23 horas. O Sistema Anhanguera-Bandeirantes deverá receber 650 mil carros. No domingo, a Concessionária Autoban proibirá o tráfego de caminhões na Bandeirantes no sentido capital. Já a ViaOeste, que administra o Sistema Castelo-Raposo, suspenderá as obras nas vias a partir do meio-dia de hoje até meia-noite de quinta.CAMPOSCampos do Jordão é o destino de pelo menos 100 mil turistas no feriado. A rede hoteleira da cidade, com 8 mil leitos, está praticamente lotada. "Estamos com 100% de reservas nas pousadas, com pacotes que variam entre R$ 800 a R$ 5 mil para os quatro dias de hospedagem", diz Marta Eisenlohr, presidente da Central de Pousadas do município.Segundo o secretário de Turismo da cidade, Tércio Laurelli, esse feriado é considerado o termômetro para o movimento da temporada de inverno, quando Campos do Jordão recebe 1,5 milhão de turistas.Além das baixas temperaturas, um grande chamariz para turistas, quem passar o feriado prolongado na cidade ainda poderá aproveitar as receitas especiais oferecidas por 24 restaurantes parceiros do Grupo Cozinha da Montanha de Campos do Jordão, que promove, a partir de amanhã até 15 de agosto, a temporada gastronômica de inverno. Segundo o presidente do grupo, Luis Fernando Peretti, os chefs farão homenagens a personalidades da França, com fondues inéditas e pratos de chocolates. Os preços vão de R$ 30 a R$ 120.MALHASAs baixas temperaturas devem movimentar também o comércio e o turismo do Circuito das Águas Paulista durante o feriado de Corpus Christi. Segundo levantamento feito pelo consórcio composto por representantes das oito cidades serranas localizadas no interior do Estado, 95% dos 17 mil leitos de hotéis e pousadas já tinham sido reservados para o feriado até ontem.De acordo com o prefeito de Pedreira e presidente do Circuito das Águas, Hamilton Bernardes Junior (PSB), a expectativa dos municípios é receber 170 mil turistas, entre os que permanecem hospedados e os que apenas visitam a região, no feriado. Isso significa um movimento 10% maior do que no mesmo período do ano passado. "A visitação ao Circuito das Águas Paulista tem aumentado a cada ano. O turista já troca as praias pelas cidades serranas. Aqui há tranquilidade e as cidades são muito próximas, então, é possível visitar vários municípios", diz o presidente do consórcio. Para julho, mês de férias, são esperados 500 mil visitantes na região, que inclui cidades como Amparo, Serra Negra e Águas de Lindoia.Além das belas paisagens, o comércio de malhas é um dos grandes atrativos. Segundo o presidente da Associação Comercial de Serra Negra, Paulo Roberto Endrighi, as vendas de malhas começam a crescer a partir do feriado. "Não há um levantamento em números, mas sabemos que esse período é o melhor, pois o inverno começa mesmo agora", diz.Para chegar às cidades serranas o turista pode utilizar as rodovias Anhanguera, Bandeirantes, Dom Pedro ou Fernão Dias.HÉLCIO CONSOLINO, ESPECIAL PARA O ESTADO e TATIANA FÁVAROABRE E FECHAAMANHÃ Rodízio: suspenso Abrem: Correios (agência de Cumbica), mercados (horários especiais), feiras, parques, museus, teatros Fecham: Bancos, Procon, Poupatempo, clubes municipais, CEUs, AMAs, UBSSEXTA-FEIRAAbrem: Procon, bancos, Correios, Poupatempo, mercados, feiras, clubes, AMAs, parques, museus, teatros Fecham: CEUs, UBSsSÁBADO Abrem: Procon (7h às 13h), Correios (8h às 12h), Poupatempo (6h30 às 15h), feiras, clubes municipais, AMAs (7h às 19h) DOMINGOAbrem: Correio (só agência de Cumbica), feiras, clubes Fecham: Procon, Poupatempo, UBSs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.