Motorista é baleado e dirige até SP para buscar ajuda

O administrador de empresas Aurélio Carlos de Souza, 38, foi baleado ontem, na Rodovia Ayrton Senna, próximo a uma entrada para Guarulhos. Souza, que no momento estava acompanhado pelo engenheiro ênio Ozaki, 36, conseguiu dirigir até a capital paulista, onde foi atendido pela polícia.Eram 18h30, quando os dois colegas, ambos funcionários da NEC do Brasil, ocupando um Fiat Strada azul, voltavam do trabalho para casa e acabaram sendo surpreendidos por três desconhecidos na Rodovia Ayrton Senna, no acesso ao bairro dos Pimentas (o mais violento do município de Guarulhos), grande São Paulo.Um dos bandidos, armado com um revólver calibre 38, apontou a arma em direção ao pára-brisa do veículo; e, ao ver que o administrador não iria parar o carro, o assaltante atirou. O disparo atingiu o vidro dianteiro do carro e depois o peito de Aurélio.Mesmo ferido, o motorista não parou e seguiu em direção à cidade de São Paulo. Os dois colegas pararam no 3.º Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, localizado na marginal do Rio Tietê onde pediram ajuda.O administrador foi levado para o Hospital Estorópolli, na Vila Maria, zona norte da capital paulista, e depois foi transferido ao pronto-socorro do Tatuapé, onde permanece internado. O boletim de ocorrência foi registrado pelo colega de Aurélio no 90.º Distrito Policial, do Parque Novo Mundo. Como já estava escuro e a ação dos bandidos foi muito rápida, a vítima não consegiu descrever o atirador com detalhes à polícia, segundo a equipe de investigação do delegado Luiz Carlos de Almeida, que registrou o fato como tentativa de homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.