Motorista e cobrador de lotação são executados em SP

Policiais civis da Delegacia do Capão Redondo, zona Sul da capital paulista, investigam as mortes do motorista e de um cobrador de lotação ocorridas às 20h de ontem, na Rua Cipotuba, no bairro conhecido como Morro do Índio. Élio da Silva Cordeiro, 34, e seu ajudante,o cobrador Robson Alves Maciel, 21, foram encontrados mortos dentro da van Hyundai H-100, de cor verde, com a qual eles trabalhavam. O corpo de Élio estava caido sobre o volante; ao lado deste o corpo de Róbson. Policiais militares da 3ª Companhia do 1º Batalhão não encontraram testemunhas do crime. Policiais civis do 47º Distrito Policial, do Capão Redondo, acreditam que Élio e Róbson foram vítimas de latrocínio, assalto seguido de morte, mas não descartam a possibilidade de crime relacionado à disputa por linhas de lotação na região. O local onde estava o veículo não faz parte do itinerário da linha que era feita pelas vítimas, cujo trajeto é o chamado bairro a bairro, dentro do Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.Familiares do motorista e do cobrador estiveram da delegacia e disseram que nunca foram informados pelos rapazes sobre ameaças por eles sofridas. O que leva a polícia a trabalhar com a hipótese de latrocínio foi o fato de não terem sido encontrados documentos nem dinheiro com o motorista assassinado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.