Motorista é morto na Marginal do Pinheiros

José Felismino Parente, 46, foi assassinado ontem por dois bandidos durante um seqüestro-relâmpago em São Paulo. Um taxista presenciou o seqüestro e avisou a polícia do crime. Segundo essa testemunha, Parente foi morto logo na entrada da Marginal do Pinheiros. A polícia encnoparou o carro onde estavam os bandidos prendeu os dois homens, um deles armado com uma pistola. Parente já havia sido baleado no peito e morreu antes de chegar ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.