Motorista embriagado mata mãe e 2 filhos em colisão em GO

Segundo inspetor da PRF, jovem dirigia em alta velocidade e não conseguiu desviar do carro que estava parado

Fabiana Marchezi , estadao.com.br

23 de junho de 2008 | 15h13

 Um motorista embriagado provocou um grave acidente na tarde de domingo, 22, na altura do quilômetro 440 da BR-153, entre Anápolis e Jaraguá, em Goiás. De acordo com Julio Cesar Gomes Ferreira, inspetor da Polícia Rodoviária Federal em Anápolis, o motorista Carlos Henrique Silva Dias, de 18 anos, trafegava em alta velocidade pela rodovia e não conseguiu desviar de um carro que estava parado no acostamento, por falta de combustível. Dentro do veículo estavam Maria de Lurdes da Silva Moreira, de 26 anos, e seus filhos de 4 anos e 8 anos. Os três morreram. O pai das crianças, Lindomar Rodrigues de Araújo, tinha saído do carro para buscar o combustível e presenciou a colisão. Ainda segundo o inspetor, testemunhas disseram que o motorista que causou o acidente participava de um racha no momento da colisão. Ele também ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Anápolis, mas não corre risco de morte.  Assim que receber alta, na próxima quarta-feira, 25, Carlos Dias deve ser encaminhado ao 5º Distrito Policial da cidade, onde ficará preso à disposição da Justiça. Ele deverá responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar, por dirigir embriagado. Ele também terá sua carteira provisória apreendida por um ano, terá de pagar uma multa de quase R$ 1 mil e poderá pegar até 20 anos de prisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.