Motorista trafega na contramão por 5 km e morre na SP-300

Segundo a Polícia Rodoviária o veículo não possui queixa de roubo ou furto e o motorista morreu no local

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

02 Julho 2011 | 01h03

SÃO PAULO - O motorista de um Classic prata, com placas de Vinhedo (SP), morreu, por volta das 23h45 desta sexta-feira, 1, após trafegar por cerca de cinco quilômetros na contramão da pista sentido capital da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300), na região de Jundiaí, interior paulista.

 

O veículo, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), entrou na rodovia na altura do quilômetro 62 e, após atingir dois veículos de passeio e uma moto, colidiu de frente contra um caminhão no quilômetro 67. O responsável pelo acidente morreu no local. Os condutores dos veículos atingidos pelo motorista infrator sofreram apenas escoriações.

 

A Polícia Militar ainda não sabe informar o que levou o motorista, cujo nome ainda não foi divulgado, a entrar na contramão e dirigir por cinco quilômetros. O carro, segundo a polícia, não tem queixa de roubo ou furto. O caso será registrado no plantão do Distrito Policial de Jundiaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.