Motoristas de ônibus de BH fazem greve

Paralisação é um protesto contra o rompimento de acordo fechado com proprietários das linhas que garantia participação nos lucros

Leonardo Augusto, Especial para O Estado

08 de junho de 2015 | 17h36

BELO HORIZONTE - Motoristas e cobradores de ônibus de Belo Horizonte fizeram nesta segunda-feira, 8, paralisação em protesto contra o rompimento de acordo fechado com proprietários das linhas de transporte coletivo da capital. 

O Sindicato dos Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH) afirma que os patrões recuaram do pagamento de participação nos lucros. Os empresários, no entanto, afirmam que apenas adiaram o repasse dos recursos.

O sindicato dos rodoviários afirma que a paralisação foi "um grande movimento grevista" e que a suspensão do tráfego dos ônibus continua na terça-feira.

Já a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), que gerencia as linhas de coletivos da cidade, divulgou números que mostrariam um outro cenário. Das 291 linhas municipais, 243 operaram normalmente e 11 funcionaram parcialmente ao longo do dia, segundo a BH Trans. 

Tudo o que sabemos sobre:
Belo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.