Motoristas de ônibus de São Paulo entram em greve na 4ªF

Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo vão entrar em greve na quarta-feira, dia 22, por tempo indeterminado. A decisão foi mantida, nesta sexta-feira à noite, durante assembléia realizada na sede do sindicato da categoria.Na última quarta-feira, motoristas e cobradores realizaram uma paralisação de três horas ? das 3h às 6h ?, deixando cerca de 1,2 milhão de passageiros sem transporte. Eles já haviam ameaçado parar no dia 22 caso as reinvindicações não fossem atendidas.Na segunda-feira, os ônibus vão circular normalmente até o meio-dia. Durante a tarde, os trabalhadores se reunirão nas garagens, e os ônibus podem não circular. Na quarta-feira, a categoria cruza os braços, sem data para voltar ao trabalho.Os trabalhadores reivindicam 9,26% de aumento salarial e 5% de produtividade. Além disso, exigem que o vale-refeição passe de R$ 6,80 para R$ 7,34 e ainda que as empresas paguem o convênio médico. Os empresários, entretanto, dizem não ter dinheiro para oferecer nada aos trabalhadores agora. Eles pedem que as discussões sejam suspensas até novembro, quando se cogita a possibilidade de chegar a um índice que seria retroativo a maio, data-base da categoria.Nesta sexta, o secretário municipal dos Transportes, Carlos Zarattini, classificou como ?intransigente? a posição dos donos de empresas de ônibus, que não oferecem nenhum índice imediato de aumento aos motoristas. O secretário ficou reunido com representantes dos empresários por quase duas horas, mas não chegou a um acordo. ?Nosso objetivo é favorecer a negociação para evitar a greve?, disse Zarattini.Ele espera que a Justiça do Trabalho chame as duas partes para negociar e tentar um acordo. Segundo o secretário, não há possibilidade nem de aumento da passagem, nem de a Prefeitura subsidiar o sistema de transporte. Segundo o diretor-técnico do Transurb, sindicato das empresas de ônibus, Marcelo Marques, as viações transportam hoje, em média, 7 milhões de passageiros a menos que em 2001. ?Se não consigo cobrir meus custos, como posso dar aumento??

Agencia Estado,

17 de maio de 2002 | 23h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.