Motoristas de ônibus protestam na zona leste de SP

Motoristas e cobradores interditaram hoje o Terminal São Mateus e a Praça Felisberto Fernandes da Silva, na zona leste de São Paulo, depois que mais um motorista foi morto esta madrugada durante uma tentativa de assalto. Eles bloquearam a entrada e saída do terminal em protesto contra a morte do colega. De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus, 50% dos assaltos que acontecem nos coletivos que circulam na capital são registrados na zona leste da cidade.Por volta das 5h30, ladrões invadiram um ônibus da Viação São Judas, Jardim Santo André-Terminal São Mateus, e executaram o motorista Adair dos Reis Magalhães com três tiros na cabeça. O caso aconteceu na Avenida dos Sertanistas, no Jardim Santo André, também na zona leste da capital paulista. Ainda não há previsão de quando a situação voltará ao normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.