Motoristas de São Paulo ameaçam parar no Natal

Os motoristas de ônibus ameaçam entrar em greve no Natal, se asempresas não pagarem a segunda parcela do 13º Salário e o adiantamento do pagamento até amanhã. Se não tiverem solução para o problema, os trabalhadores decidirão, em assembléia, às 19 horas de amanhã, a medida que será tomada. "A possibilidade de greve é real e a população pode ficar sem ônibus durante as Festas", alertou o presidente do sindicatoda categoria, Edivaldo Santiago. A Secretaria Municipal de Transportes ainda não se pronunciou a respeito, mas os sindicalistas tiveram uma reunião com o secretário Jilmar Tatto, na tarde de hoje, para discutir a possibilidade de paralisação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.