Motoristas de vans tentam invadir gabinete do prefeito do Rio

Prefeito não estava no local; grupo deixou o prédio espontaneamente e não causou danos

Adriano Barcelos, O Estado de S. Paulo

18 de novembro de 2013 | 18h13

RIO - Cerca de 30 motoristas de vans da zona oeste invadiram o prédio da Prefeitura do Rio na tarde desta segunda-feira, 18. Eles subiram até o 13º andar, onde fica o gabinete do prefeito Eduardo Paes (PMDB), mas não chegaram a entrar na sala em que ele despacha. O prefeito não estaria no local no momento da invasão, por volta das 16h.

A segurança no local foi reforçada, e policiais do 4º BPM, de São Cristóvão, foram deslocados para atuar na retirada dos motoristas. Segundo a prefeitura, os manifestantes deixaram o prédio espontaneamente e não causaram danos.

A prefeitura do Rio vem implementando mudanças no transporte alternativo na zona oeste e ampliando as exigências para os proprietários de vans e reduzindo o número de veículos e linhas que atendem a região de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca.

Em 14 de outubro, um grupo de motoristas de vans chegou a invadir o prédio da Secretaria de Transportes, na Rua Dona Mariana, em Botafogo, na Zona Sul. Alguns dias antes, eles haviam feito protestos e queimado pneus em vias importantes da zona oeste.

Tudo o que sabemos sobre:
rioprotestovans

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.