Motoristas e cobradores de ônibus fazem greve em Natal

Greve começou nesta segunda-feira; trabalhadores reivindicam aumento salarial

Priscila Trindade, Central de Notícias

23 de maio de 2011 | 11h34

SÃO PAULO - Motoristas de ônibus e cobradores entraram em greve, nesta segunda-feira, 23, em Natal, Rio Grande do Norte, reivindicando aumento salarial. Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), 30% da frota composta por 647 veículos circula normalmente.

A greve é por tempo indeterminado. Na manhã desta segunda-feira, os passageiros encontraram os pontos de ônibus lotados e demoraram para conseguir embarcar.

Os grevistas pedem reajuste no salário-base e aumento do vale-alimentação. Uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho(TRT) será feita na quarta-feira, 25, às 14 horas, para tentar um acordo. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Rio Grande do Norte (Sintro-RN) estarão presentes no encontro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.