Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação em SP

Os motoristas e cobradores de ônibus da capital realizam hoje uma paralisação, desde às 9h30 até às 13h, em todos os terminais e principais corredores da cidade. Segundo o presidente do Sindicato dos Condutores, Edvaldo Santiago, o protesto é contra o contrato emergencial da Prefeitura para a renovação da frota e a falta de segurança. Segundo Santiago, a Prefeitura deu um prazo curto, que terminou ontem, para que as empresas substituíssem os veículos fabricados nos anos de 90 e 91.Como as empresas não estão tendo condições de renovar a frota, conforme solicitação da Prefeitura, os coletivos antigos estão sendo retirados de circulação e não estão sendo substituídos. Com isso as empresas ameaçam demitir funcionários. O presidente do sindicato dos condutores informou ainda que somente metade da frota foi renovada.O Sindicato também propôs à Prefeitura que amplie a fiscalização sobre os perueiros e que determine que as peruas operem a metade pela manhã e outra metade à tarde, para melhorar o trânsito na cidade.TerminaisSegundo da CET e a SPTrans, sete terminais de ônibus da capital foram paralisados. Os ônibus dos terminais de Santo Amaro e Capelinha, na zona sul, e Cachoeirinha, na zona norte, foram os primeiros a parar. Também estão fechados os terminais de Santana, na zona norte; Barra Funda, na zona oeste; D. Pedro e Bandeira, na região central.De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), há uma fila de cerca de 80 ônibus no terminal D. Pedro, na faixa da esquerda. Eles estão concentrados entre o viaduto Diário Popular e a praça Ragueb Choffi. Há lentidão no trânsito apenas por aproximação. Outra fila de 30 ônibus ocupa a faixa da direita da Rua Bittencourt Rodrigues, entre as avenidas Rangel Pestana e Ragueb Choffi, na região central.TrânsitoA paralisação dos ônibus já está se refletindo no trânsito em vários corredores da cidade, como as Marginais do Tietê e do Pinheiros. A região do Parque D. Pedro também tem o tráfego comprometido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.