Motoristas mantêm greve em São Paulo

Motoristas e cobradores de ônibus da capital decidiram continuar em greve, durante assembléia realizada esta manhã em frente ao Palácio das Indústrias, no Parque Dom Pedro, sede da Prefeitura de São Paulo. Segundo o sindicato, apenas oito empresas pagaram os salários no dia de hoje. Essas empresas poderão operar normalmente. A orientação do sindicato para os motoristas e cobradores das demais empresas é para que levem os ônibus até as garagens e permaneçam parados. A manifestação segue sem incidentes. Segundo o Comando de Policiamento do Trânsito (CPTran), 500 condutores participam do protesto na frente da Prefeitura. Uma nova assembléia está marcada para às 16 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.