Motoristas protestam após morte de colega em SP

Os motoristas e cobradores da Viação Bola Branca se recusaram hoje a trabalhar no Plano de Auxílio entre as Empresas de Ônibus em Situação de Emergência (Paese), da linha 634 (Terminal Santo Amaro/Parque Cocaia), em protesto contra a morte de um colega. Na noite de ontem, o motorista Laércio Santos de Jesus, de 31 anos, foi morto após discutir com um passageiro, que tentava entrar no ônibus. Atualmente, várias empresas operam nesta linha, depois que a Viação Ibirapuera faliu.De acordo com funcionários da Viação Bola Branca, representantes do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo vão pela manhã de hoje ao Hospital Regional Sul, onde está o corpo de Laércio para tentar auxiliar a família. Para compensar a falta desta viação, outras empresa vão aumentar o número de ônibus em serviço. Ainda segundo a empresa, as demais linhas operadas pela viação funcionam normalmente.Na noite de ontem, o motorista Laércio tentou impedir que um jovem armado, identificado como "Bombeta" e usando boné e roupas escuras, entrasse no ônibus, na região de Santo Amaro, zona sul da capital paulista. "No meu ônibus você não entra", disse Laércio, que se levantou e tentou empurrar o rapaz para fora do carro.O passageiro, que teria sido reconhecido por Laércio, sacou um revólver, atirou contra o motorista e fugiu. Policiais ainda levaram a vítima para o pronto-socorro do Hospital Regional Sul, onde Laércio morreu. A polícia desconfia que o motorista conhecia o rapaz e previu que teria problemas, caso o jovem embarcasse no coletivo. O caso foi registrado no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro.A Viação Serra Negra, antiga Viação Cachoeira, nome ainda inscrito em alguns ônibus da empresa, concordou em pagar os salários atrasados de parte do quadro de funcionários que voltaram ao trabalho por volta das 17h30 de ontem. Com a paralisação de dois dias, 85 mil moradores de bairros como Morro Grande, Vila Brasilândia, Taipas e Jardim Damasceno ficaram prejudicados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.