Motoristas recolhem ônibus em protesto contra morte de colega

Motoristas e cobradores da Viação BolaBranca começaram, por volta das 13 horas, a recolher os ônibuspara a garagem da empresa, na zona sul. Segundo informações daSão Paulo Transporte (SPTrans), que gerencia o sistema de ônibusna cidade, o protesto ocorre por causa da morte do motoristaSeverino José Barbosa, assassinado hoje cedo por um motoqueiroque disparou vários tiros contra a vítima quando estava paradacom um dos ônibus da empresa no ponto inicial da linha 675-R,Grajaú-Jabaquara, na Avenida Dona Belmira Marin, no Grajaú, zonasul. A Viação Bola Branca tem 345 carros e transportadiariamente cerca de 110 mil pessoas em 21 linhas que atendemprincipalmente a zona sul e o centro. A SPTrans acionou o Planode Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese)colocando em circulação 169 carros para atender a demanda depassageiros da empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.