Movimento continua intenso no Sistema Ecovias

O movimento continua intenso no sistema Anchieta-Imigrantes. A Ecovias informa que a Anchieta ainda é a melhor opção para a descida da serra. A rodovia está com suas duas pistas livres e operando no sentido litoral. No intervalo de uma hora até as 14h30, 7.815 veículos passaram pelos pedágios em direção à Baixada Santista. Desde à 0 hora de ontem, quando teve início a contagem para o feriado, 262 mil veículos já desceram a serra rumo ao litoral. Neste início de tarde, o tráfego está lento entre os quilômetros 45 e 51 da pista de descida da rodovia dos Imigrantes, no início do trecho de serra. Já na rodovia Padre Manuel da Nóbrega, na Baixada Santista, o motorista enfrenta lentidão a partir do quilômetro 284 até à entrada de Praia Grande, no quilômetro 292. Desde às 14h de ontem, o sistema Ecovias opera no esquema 7X3. A descida é feita pelas duas pistas da Via Anchieta e pela pista sul da rodovia dos Imigrantes. Para o retorno a São Paulo, o motorista utiliza a pista norte da Imigrantes. A estimativa da Ecovias é de que 400 mil a 530 mil veículos desçam para o litoral durante o Carnaval. A contagem de veículos que passam pelo sistema começou às 0h da quinta-feira, dia 23 de fevereiro, e vai até a terça-feira, dia 28. Régis Bittencourt tem 42 km de congestionamento Os motoristas que seguem em direção ao sul do país pela Rodovia Régis Bittencourt enfrentam 42 quilômetros de congestionamento nesta tarde por causa do movimento intenso de veículos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o problema ocorre entre os municípios de Itapecerica da Serra e Juquitiba, na Grande São Paulo, desde o km 295 ao 337, onde a pista é simples. Na Rodovia Fernão Dias, sentido São Paulo-Minas Gerais, há congestionamento do km 37 ao 72, entre o trecho paulista da rodovia e o município de Atibaia, por causa do excesso de carros e das lombadas eletrônicas instaladas neste trecho. Pela Rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro, o motorista encontra nesta tarde apenas uma lentidão na altura do quilômetro 110, em Taubaté, por causa do excesso de carros no acesso da Rodovia Oswaldo Cruz. Quem segue para o interior paulista pela pista expressa da Rodovia Castelo Branco reduz a velocidade entre os quilômetros 16 e 25 e do quilômetro 21 ao 24 da marginal pedagiada. Pela Rodovia Raposo Tavares, há problemas do quilômetro 40 ao 45, em Vargem Grande Paulista. Rodovia dos Bandeirantes tem tráfego intenso no sentido interior, mas sem pontos de parada. A Rodovia Rio-Santos tem congestionamento na altura do km 211, no trecho de Riviera. Pela Rodovia dos Tamoios, que dá acesso ao litoral norte, também há tráfego intenso, mas sem pontos de parada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.