Movimento é tranqüilo nos aeroportos de São Paulo

Os aeroportos de São Paulo apresentavam movimento de passageiros tranqüilo na manhã desta segunda-feira. Segundo reportagem da Rádio Eldorado, no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, o movimento era intenso, mas sem grandes dificuldades para os passageiros, que levavam em média 15 minutos para fazer o check-in.A Infraero registrou, às 9h30, apenas três atrasos da TAM, com tempo de espera com pouco mais de uma hora e meia; não foi registrado nenhum cancelamento. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, eram oito vôos atrasados, com tempo de espera de uma hora.O Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, operava normalmente. Segundo a Infraero, os vôos tinham horários confirmados. A Aeronáutica adotou um sistema de segurança para o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Espaço Aéreo (Cindacta-2), em Curitiba, que estava operando com controle intenso do fluxo aéreo, aumentando o intervalo entre os pousos e decolagens. Apesar da previsão feita pela Agência nacional de Aviação civil (Anac), de que nesta segunda-feira a programação dos vôos estaria sujeita a complicações, não houve registros de atrasos ou cancelamentos nos aeroportos. As filas eram pequenas e sem transtornos.No Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, dez vôos estavam previstos para pousar na manhã desta segunda-feira; para decolar, 22 vôos estavam marcados, sendo que a previsão é de que 20 vôos ainda decolem. Há a confirmação de outros 15 vôos e um vôo, vindo de Uberlândia, estava atrasado. Apesar de estar marcado para as 9h10, até as 10 horas ainda não tinha sido confirmado. Em Fortaleza, eram três cancelamentos de vôos. Três vôos da TAM partiram com mais de uma hora de atraso. Para esta segunda-feira, eram previstas oito partidas e sete chegadas, sendo que dez vôos ainda não tinham sido confirmados.No domingo, uma pane no sistema de comunicação do Cindacta-2 comprometeu vôos na região Sul e nos principais aeroportos do País. Em São Paulo, foram registrados atrasos de até 8 horas. De acordo com boletim da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apontou que, até as 16 horas de domingo, em 12 aeroportos do País, dos 625 vôos programados 96 (15,36%) estavam atrasados e 50 (8%) foram cancelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.