Movimento normal nas estradas de SP

O movimento está normal neste momento nas principais rodovias que ligam a capital paulista ao litoral e ao interior do Estado. Segundo a Polícia Rodoviária e as concessionárias que administram as estradas, o trânsito é bom na Via Dutra, Fernão Dias, Régis Bittencourt, Castello Branco, Raposo Tavares, Sistema Anhanguera-Bandeirantes, Piaçaguera-Guarujá, Mogi-Bertioga e Padre Manoel da Nóbrega. No Sistema Anchieta-Imigrantes, está em vigor o esquema 5 X 5, com a descida para a Baixada Santista sendo feita pela pista sul da Anchieta e pela nova Rodovia dos Imigrantes. O retorno a São Paulo ocorre pela pista norte da Via Anchieta e pela antiga Imigrantes. A Ecovias, empresa responsável pelo sistema, estima que entre 390 mil e 620 mil veículos deverão utilizar as duas estradas desde hoje até o próximo domingo. Pedágio - Os motoristas que forem viajar na próxima quinta-feira, dia 1o. de janeiro, encontrarão o preço do pedágio mais caro nas rodovias paulistas. Trata-se da segunda etapa do reajuste de 31,53% autorizado pelo governador Geraldo Alckmin em julho deste ano. Para utilizar o Sistema Anchieta-Imigrantes, por exemplo, será preciso desembolsar R$ 12,60. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, o preço do pedágio passa a custar R$ 8,80. Trânsito - O trânsito também está tranqüilo agora na capital paulista. Conforme a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a medição das 11 horas acusou apenas cinco quilômetros de congestionamento em toda a cidade - a média normal para o horário numa segunda-feira é de 51 quilômetros de morosidade. Nenhuma ocorrência de vulto foi registrada até o momento e os motoristas podem circular livremente em função da suspensão do rodízio de veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.