Movimento nos aeroportos de SP está tranquilo, diz Infraero

Trabalhadores da Infraero nos aeroportos de Cumbica, Viracopos e de Brasília estão em greve de 48 horas, até a meia noite de sexta-feira, 21

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

20 Outubro 2011 | 09h05

SÃO PAULO - O movimento de passageiros nos aeroportos de São Paulo estava tranquilo na manhã desta quinta-feira, 20, nas primeiras horas de paralisação dos funcionários da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Os trabalhadores da Infraero nos aeroportos de Cumbica (Guarulhos), Viracopos (Campinas) e de Brasília estão em greve de 48 horas, até a meia noite de sexta-feira, 21.

Segundo a Infraero, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, entre os 50 voos previstos até as 8 horas, quatro registraram atrasos de mais de meia hora e três foram cancelados.

Em Congonhas, na zona sul da capital paulista, entre os 32 voos programados, dois tiveram alterações de horários e nenhum voo foi cancelado. Os aeroportos operavam visualmente para pousos e decolagens. Em todo o país, 49 voos tiveram atrasos de mais de meia hora e 24 foram cancelados, entre os 576 previstos para o período.

Por conta da paralisação de 48 horas, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orientam aos passageiros que entrem em contato com sua empresa aérea para confirmar os horários de seus voos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.