Movimento nos aeroportos de SP está tranquilo, diz Infraero

Trabalhadores da Infraero nos aeroportos de Cumbica, Viracopos e de Brasília estão em greve de 48 horas, até a meia noite de sexta-feira, 21

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

20 Outubro 2011 | 09h05

SÃO PAULO - O movimento de passageiros nos aeroportos de São Paulo estava tranquilo na manhã desta quinta-feira, 20, nas primeiras horas de paralisação dos funcionários da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Os trabalhadores da Infraero nos aeroportos de Cumbica (Guarulhos), Viracopos (Campinas) e de Brasília estão em greve de 48 horas, até a meia noite de sexta-feira, 21.

Segundo a Infraero, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, entre os 50 voos previstos até as 8 horas, quatro registraram atrasos de mais de meia hora e três foram cancelados.

Em Congonhas, na zona sul da capital paulista, entre os 32 voos programados, dois tiveram alterações de horários e nenhum voo foi cancelado. Os aeroportos operavam visualmente para pousos e decolagens. Em todo o país, 49 voos tiveram atrasos de mais de meia hora e 24 foram cancelados, entre os 576 previstos para o período.

Por conta da paralisação de 48 horas, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orientam aos passageiros que entrem em contato com sua empresa aérea para confirmar os horários de seus voos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.