Google Street View
Google Street View

MP denuncia à Justiça homem que jogou mulher do 3º andar em Brasília

Segundo a polícia, ele já tinha histórico de agressão à mulher 

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

22 Agosto 2018 | 13h51

SÃO PAULO - O Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) ofereceu denúncia à Justiça, nesta terça-feira, 21, contra Jonas Zandoná, acusado de ter jogado a mulher, Carla Graziele Rodrigues Zandoná, do 3º andar de um apartamento na Asa Sul, no último dia 6, em Brasília.

Zandoná foi denunciado por homicídio triplamente qualificado: motivo torpe, meio cruel e feminicídio. Jonas Zandoná está preso preventivamente desde o dia 7 de agosto. Constam nos autos do processo antecedentes criminais nos anos de 2015, 2016 e 2017.

Segundo a polícia, Zandoná tinha um histórico de violência contra a mulher. Segundo testemunhas, as brigas eram frequentes, com agressões, xingamentos e ameaças.

No dia do crime, Carla chegou a ser levada pelo Corpo de Bombeiros do DF ao Hospital de Base de Brasília, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.