MP pede fechamento do Stand Center na Avenida Paulista

Depois de ser alvo de ações da Receita Federal e da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, o Stand Center, conhecido centro comercial localizado na Avenida Paulista, com foco na venda de eletrônicos, está sendo questionado por uma ação conjunta dos Ministérios Públicos Federal e Estadual e da Advocacia Geral da União. Na tarde de quarta-feira, 11, os três órgãos ajuizaram na Justiça Federal de São Paulo uma ação civil pública em que pedem o fechamento do Stand Center e a dissolução judicial das empresas Stand Center Comércio e Promoção de Feiras e Eventos LTDA e Stand Center Participações e Empreendimentos LTDA, responsáveis pela locação do espaço. De acordo com os autores da ação, o objetivo é fazer prevalecer o interesse coletivo, "para se anular atividade voluntariamente centrada na prática da ilegalidade, que ofende a ordem econômica sadia e desconsidera a legislação tributária". Os três órgãos irão detalhar os objetivos da ação ainda nesta quinta-feira.

Agencia Estado,

12 Abril 2007 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.