MP realiza operação para prender membros do Comando Vermelho no Rio

Dez pessoas foram presas; polícia apreendeu R$22.400, munições e livros contábeis dos traficantes

Tiago Rogero, estadão.com.br

11 de maio de 2011 | 11h29

RIO - Dez pessoas, suspeitas de participação na facção criminosa Comando Vermelho, foram presas na manhã desta quarta-feira, 11, em operação conjunta de policiais do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e do 30º Batalhão da Polícia Militar em Teresópolis.  Segundo o MP-RJ, o grupo atuava no Morro do Perpétuo, em Teresópolis, na região serrana.

Os mandados de prisão foram cumpridos nas comunidades do Perpétuo, Rosário, Parque São Luiz e Fonte Santa. Segundo o Ministério Público, o grupo agia em conjunto com criminosos da capital fluminense.

Durante a Operação Invasor também foram apreendidos R$22.400, munições e livros contábeis dos traficantes.

A operação foi realizada após a Justiça aceitar a denúncia do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público.  

 

Segundo o MP-RJ, os integrantes da quadrilha foram denunciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e porte ilegal de arma de fogo. /COLABOROU SOLANGE SPIGLIATTI

 

Atualizada às 16h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.