MP-RS denuncia 13 por envolvimento na Farra dos Combustíveis

Inquérito tratou dos abastecimentos de 2010 e 2011; promotor pediu a apuração de anos anteriores

estadão.com.br,

23 Fevereiro 2012 | 15h57

SÃO PAULO - O Ministério Público denunciou nesta quinta-feira, 23, 13 pessoas envolvidas num esquema em que parentes e amigos de vereadores do município de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, abasteciam veículos particulares com dinheiro público. O caso veio à tona ao longo de 2011 e ficou conhecido como "Farra dos Combustíveis".

Foram denunciados pelo crime de peculato os ex-presidentes da Câmara de Vereadores nos anos de 2010, Bernardino Gularte Fontoura; e 2011, Sérgio Nunes Moreira; dois servidores do Parlamento local e outras nove pessoas. Bernardino Fontoura foi denunciado, ainda, pelo crime de supressão de documentos.

De acordo com o MP, Bernardino Fontoura e Sérgio Moreira autorizaram, por diversas vezes, os abastecimentos para veículos de particulares, mesmo havendo previsão de que as permissões somente deveriam ser feitas para automóveis da frota do Legislativo.

"É importante destacar que o inquérito policial tratou somente dos abastecimentos efetuados em 2010 e 2011. Já foi requisitada, à Polícia Civil, a apuração relativa a anos anteriores", frisou o promotor de Justiça Adriano Pereira Zibetti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.