AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

MPE aguarda informações da Ilha de Jersey

O Ministério Público Estadual (MPE) aguarda a chegada de informações oficiais das autoridades da Ilha de Jersey - um paraíso fiscal que pertence ao Reino Unido - sobre o bloqueio de US$ 200 milhões supostamente depositados em contas do ex-prefeito e ex-governador Paulo Maluf (PPB) e de familiares dele.Só a partir daí, poderá ser investigado crime de lavagem de dinheiro. O MPE também terá de descobrir se os recursos teriam sido enviados para o exterior após a entrada em vigor da Lei de Lavagem de Dinheiro (9.613), de 3 de março de 1998.Caso contrário, restará apenas o crime de evasão de divisas para ser apurado, o que não é de competência dos promotores estaduais, mas do Ministério Público Federal (MPF).A Promotoria da Cidadania decidiu nesta segunda-feira instaurar um inquérito civil para apurar se houve desvio de recursos públicos. O promotor Marcelo Mendroni, do Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), confirmou que recomendou às autoridades o bloqueio do dinheiro, pois Maluf é investigado pelo MPE.Apesar de não ter recebido informação oficial, Mendroni disse nesta segunda que tem "quase certeza" do bloqueio. Isso porque ele foi informado pelas autoridades de Jersey que advogados teriam feito requerimentos para movimentar o dinheiro.A conclusão é a seguinte: se advogados foram contratados, o dinheiro está bloqueado. Ainda não há data definida para a convocação de Maluf pela CPI. O advogado de Maluf, Ricardo Tosto, enviou uma nota à redação pela qual nega que o ex-prefeito "tenha, ou tenha tido, qualquer conta no exterior".Segundo o texto, houve "violação do princípio do contraditório estabelecido na Constituição, vez que o dr. Paulo Maluf só tem conhecimento do suposto fato através da imprensa ou de entrevistas no Ministério Público".Ele espera ainda que a Promotoria inicie logo as ações para que Maluf possa se defender.

Agencia Estado,

11 de junho de 2001 | 23h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.