MPE denuncia cinco por roubo a banco em Moema

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou na segunda-feira, 20, cinco acusados por roubo seguido de tentativa de homicídio durante o assalto ao banco Itaú da Avenida Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Ocorrido em 28 de fevereiro, o crime deixou quatro pessoas e dois bandidos feridos. Entre as vítimas, está a estudante Priscila Aprígio da Silva, 13 anos, que ficou paraplégica, e o eletricista Raimundo José Jesus dos Santos, 39 anos, que teve parte da perna esquerda amputada. Foram denunciados Wellington Ferreira de Oliveira, José Wagner de Oliveira Joel, Everton da Silva Reis, Inaldo Henrique do Nascimento e Luis Carlos dos Santos. Os dois últimos ainda estão foragidos.InternaçãoA adolescente Priscila permanece internada e se recupera bem no quarto do Hospital Alvorada. Na sexta-feira, 16, Priscila passou por uma cirurgia para limpar o percurso da bala da qual foi vítima. De acordo com boletim médico, divulgado nesta segunda-feira, 19, a garota, que retornou para o hospital na tarde de quinta-feira, 15, com uma infecção no local do ferimento três dias depois de receber alta. Ela está sendo tratada com antibióticos, no terceiro dia de pós-operatório. Ainda não há previsão de alta hospitalar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.