MPF investiga confronto entre militares e moradores no Complexo do Alemão

Procuradoras vão ouvir general da Força de Pacificação e moradores

Solange Spigliatti, estadão.com.br

05 Setembro 2011 | 12h06

SÃO PAULO - O confronto entre militares e moradores no Complexo do Alemão, no Rio, ocorrido neste domingo, 4, será investigado pelo Ministério Público Federal (MPF), segundo informações do órgão.

 

As procuradoras Gisele Porto e Aline Caixeta irão ao local ouvir o general responsável pela Força de Pacificação, Cesar Leme Justo, e também os moradores para saber mais detalhes do incidente e investigar se houve excesso na atuação dos militares.

 

O MPF já investiga outro incidente similar que aconteceu no dia 24 de julho na Vila Cruzeiro, quando militares usaram spray de pimenta e balas de borracha contra moradores que estavam em um bar. Um dos moradores, atingido no rosto por uma bala de borracha, corre risco de ficar cego, segundo o MPF.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.