MPs fazem operação contra sonegação fiscal em 17 estados e DF

Este é o terceiro ano consecutivo em que o Grupo Nacional de Combate deflagra este tipo de operação

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

09 Novembro 2011 | 11h01

SÃO PAULO - Membros de Ministérios Públicos em 22 Estados e no Distrito Federal deflagram nesta quarta-feira, 9, por meio dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), uma operação nacional de combate à sonegação fiscal.

O trabalho é coordenado pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), através do Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rêgo Santos.

Em São Paulo, 61 cidades estão sendo fiscalizadas, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado. A ação do Fisco paulista integra a Operação Nacional de Combate à Sonegação Fiscal - 2011, mobilização coordenada pelo GNCOC.

Mais de 6.500 representações penais por crimes de sonegação fiscal, no valor de R$ 11,8 bilhões, foram encaminhadas ao Ministério Público de São Paulo, que participou da megaoperação contra fraude fiscal.

Os débitos constituídos de ofício ou declarados e não recolhidos por setores em sistema de substituição tributária no ano de 2011 somam créditos não pagos no valor total de R$ 11.826.469.913,58.

O MP, após análise, determinará a abertura de inquérito policial contra os sócios das empresas e demais pessoas que participaram das infrações para responderem pelo crime de sonegação fiscal. A operação foi feita pela Secretaria da Fazenda do Estado, em 60 cidades de São Paulo e na capital paulista.

Este é o terceiro ano consecutivo em que o GNCOC realiza este tipo de operação.

Texto atualizado às 14h13

Mais conteúdo sobre:
operação sonegação fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.