MST ocupa sede do Conselho Regional de Medicina do Ceará

Cerca de 200 trabalhadores rurais protestam contra a recusa a registrar estrangeiros do Mais Médicos

Lauriberto Braga, O Estado de S. Paulo

18 Setembro 2013 | 19h11

Fortaleza - Por não ter concedido o registro para os 34 médicos estrangeiros para atuarem no programa federal Mais Médicos no Ceará, o Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec) acaba se ser invadido por 200 trabalhadores rurais sem terra ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

A Polícia está no local e o clima é tenso. O Cremec fica na Rua Floriano Peixoto, no Centro de Fortaleza. Os 34 médicos só aguardam o registro para começarem a trabalhar em 14 cidades cearenses.

Mais conteúdo sobre:
Mais Médicos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.