MST planeja atos públicos em Cuiabá

O Movimento Nacional dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) pretende reunir nesta terça-feira, em Cuiabá, 2 mil trabalhadores em atos públicos e manifestações pela reforma agrária e contra a impunidade no caso do massacre de 19 sem-terra em Eldorado dos Carajás, no Pará, em 96. Entre os manifestantes, estarão 400 integrantes do MST que saíram dia 7 em marcha das cidades de Rondonópolis e Tangará da Serra. Eles chegaram nesta segunda a Cuiabá.Durante a caminhada, os sem-terra trabalharam como voluntários na limpeza de ruas e praças em diversas cidades. Os demais sem-terra de 28 assentamentos do Estado chegam de ônibus nesta terça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.