Mudança na cúpula da polícia atinge Deic e DHPP

Dois dos mais importantes departamentos da Polícia Civil, o de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e o de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), mudam de comando a partir de hoje. O crescimento dos índices de criminalidade no Estado em abril e maio deste ano, a exemplo do que havia ocorrido no primeiro trimestre deste ano, seria uma das causas do ajuste na cúpula. Haveria ainda razões administrativas, como um rearranjo que complementaria a criação do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), que recebeu a Divisão de Crimes Fazendários. Para tentar retomar a tendência de queda dos homicídios na cidade, o delegado Marco Antônio Desgualdo, então diretor do Deic, assumirá o DHPP. Desgualdo fez toda sua carreira no departamento, até se tornar delegado-geral por oito anos - 1999 a 2007. Sua volta seria uma tentativa de ampliar o índice de esclarecimentos de homicídios e de aumentar o número de prisões de homicidas. Para seu lugar no Deic foi nomeado o delegado Gaetano Vergine. Gaetano havia dirigido a Divisão de Crimes Contra o Patrimônio do Deic entre 2007 e 2008. Passou depois pela Corregedoria da Polícia Civil e pelo Departamento de Inteligência da Polícia. Gaetano terá entre suas principais metas desarticular grandes quadrilhas envolvidas em roubos de carga, roubos a residências e condomínios e a caixas eletrônicos. Também mudou a direção do Departamento de Identificação e Registros Diversos (Dird). O delegado Francisco Alberto de Souza Campos, que dirigia o DHPP, assumirá o Dird, que recentemente perdeu para o DPPC uma de suas divisões: a de Crimes Fazendários. Nessa nova fase do Dird, Campos substituirá o ex-delegado-geral, Maurício Lemos Freire. Por enquanto, Freire ficará sem cargo, mas no futuro pode ocupar uma delegacia do idoso.

Marcelo Godoy, O Estadao de S.Paulo

29 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.