Muitos turistas ficam Baixada até amanhã

As praias da Baixada Santista amanheceram, neste domingo, lotadas de turistas dispostos a aproveitar o mar e o sol, que brilhou forte até as 16 horas.Alguns optaram por regressar às cidades de origem por volta das 9 horas para evitar congestionamentos. Outros retornaram a partir das 14 horas, mas muitos foram aqueles que continuaram na orla para curtir a praia até o último momento.Muitos jovens optaram por permanecer nas praias e só retornar nesta segunda. Esse é o caso de Glaucia Rodrigues, que passou o feriado da Padroeira no Guarujá. "Amanhã é o Dia do Professor e não há aula. Assim, posso ter mais um dia na praia", comentou.Glaucia estava satisfeita com a movimentação na Praia do Tombo, onde está hospedada. "A cidade está cheia, tem bastante gente e ainda tivemos uma atração extra: um campeonato de surf, na praia, seguido de um desfile."Os comerciantes também ficaram satisfeitos. Paulo Avelino, do Restaurante Avelinos, comparou o feriado da Padroeira ao da Semana da Pátria. "Mais uma vez nossas casas de Pitangueiras, Enseada e Perequê estiveram lotadas."As praias freqüentadas pelo maior número de turistas neste domingo no Guarujá foram Pitangueiras e Astúrias.O 17º Grupamento de Bombeiros registrou uma morte em Itanhaém, na Praia dos Sonhos: Marcelo Nunes Ferreira, 20 anos, morador de Osasco.Os salvamentos em todo o litoral paulista chegaram a 30. Algumas pessoas estão desaparecidas, uma na Prainha Branca, outra em Bertioga e mais uma no Canto da Tartaruga, na Enseada.Dos 30 salvamentos, dez foram registrados em Ubatuba, suplantando as cidades que tradicionalmente enfrentam a maioria dos casos como Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.