Mulher de 61 anos é presa no RS por suspeita de maltratar a mãe

Policiais encontraram a idosa de 90 anos com dificuldades de locomoção e sinais visíveis de maus-tratos, presa em um apartamento, com mais de 25 gatos

estadão.com.br,

16 Novembro 2011 | 17h14

SÃO PAULO - Policiais da Delegacia de Proteção para o Idoso (DPPI) prenderam em flagrante nesta quarta-feira, 16, uma mulher de 61 anos por cárcere privado e maus-tratos com sua mãe.

Segundo a delegada Áurea Regina Hoeppel, responsável pelo caso, a investigação teve início há um mês, quando a polícia recebeu uma denúncia anônima de que em uma residência no bairro Restinga, em Porto Alegre, uma idosa sofria maus-tratos. Ao cumprirem o mandado de busca e apreensão, os agentes encontraram uma senhora de 90 anos com dificuldades de locomoção e sinais visíveis de maus-tratos, presa em um apartamento, com mais de 25 gatos.

De acordo com a delegada, o local não tinha condições adequadas de higiene, com comida pelo chão. Ainda pela manhã, uma assistente social esteve no local e não conseguiu entrar. Sua filha foi conduzida à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde deverá ser autuada em flagrante por cárcere privado e maus-tratos.

Mais conteúdo sobre:
prisão maus-tratos idosa restinga

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.