Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mulher de 80 anos morre durante assalto

Trancada no banheiro, na companhia do marido, pelos marginais que invadiram sua casa à Rua Dinieper, 338, na Vila Ipojuca, região da Lapa, zona oeste, a portuguesa Elisa da Paixão Relvas, de 80 anos, caiu e bateu a cabeça no bidê. Morreu em conseqüência da queda. Os invasores fugiram levando vários objetos de valor da residência e quando foram identificados responderão pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).Elisa residia naquela casa com o marido, Messias Relvas, de 65 anos. Os criminosos pularam o muro, por volta de 21h00, e os surpreenderam obrigando-os a entrar no banheiro onde ficaram trancados. Ao ver que, após a queda, a mulher não respondia a seus chamados, Messias desesperou-se e começou a gritar por socorro, atraindo a atenção de um vizinho que chamou a polícia.A invasão de residências, mesmo durante o dia, é um dos crimes mais comuns em área do 7º DP-Lapa. Próximo da residência da família Relvas há uma praça onde viciados se encontram para consumir drogas. Suspeita-se que ao descobrirem que os casal octogenário vivia só eles imaginaram a possibilidade de roubá-los sem correr nenhum risco.Próximo, há também um depósito de sucatas, apontado pela PM como possível receptador de produtos de roubos e furtos da região, mas ninguém ainda foi preso ali.O delegado de plantão do 7º DP, Ariovaldo Rodrigues, instaurou inquérito e acionou a equipe C/Sul do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para investigar. São se sabe, ainda, se Elisa sofreu traumatismo craniano ou parada cardíaca. Mas, como a invasão, o roubo, o fato de estar trancada no banheiro teriam causado a queda, os ladrões serão responsabilizados por sua morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.