Mulher de ex-prefeito de São Roque pode ser condenada

Deve terminar ainda esta madrugada o julgamento dos acusados da morte do prefeito de São Roque, José Antonio Sanches, morto com vários tiros em julho de 1994. A promotoria pediu 35 anos de prisão para a ex-mulher de Sanches, Rosalina de Aguiar Sanches, acusada de contratar os pistoleiros. O resultado deve sair ainda hoje.O promotor Nadir Campos Júnior pediu absolvição do irmão de Rosalina, Pedro de Aguiar, por falta de provas. Uma das principais testemunhas, o filho do casal, Rodrigo Sanches, de 25 anos, chegou atrasado e não pode depor. O outro acusado, o pistoleiro Luiz Guedes da Silva, foi ouvido ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.