Mulher de PM é assassinada em São Paulo

A polícia está à procura de dois homens responsáveis por atirar contra duas mulheres, por volta das 20h de terça-feira, quando elas caminhavam na Lapa, Zona Oeste. Uma delas, Sandra Regina Correia Soares, era esposa de um policial militar. O casal mora em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.Mesmo levada para o pronto-socorro do Hospital Sorocabano, Sandra não resistiu aos ferimentos a tiros e morreu. Sua colega, Ana Lúcia Dias, também foi atingida pelos disparos, mas segue internada no mesmo hospital. Ainda não se sabe se a tentativa de duplo assassinato tenha sido motivado por alguma desavença entre os criminosos e marido de Sandra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.