Mulher e duas filhas são encontradas mortas

Os corpos de uma mulher e duas crianças, vítimas de golpes de marreta e de um instrumento cortante, foram encontrados hoje em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Dois funcionários de uma empresa de ônibus descobriram os corpos ao notarem que a mulher, Domingas Brasiliana da Silva, de 37 anos, não tinha ido trabalhar desde terça-feira.A primeira suspeita recai sobre o homem que vivia com Domingas, Gersinval Martins dos Reis, há dois anos e que não foi localizado. Os funcionários da empresa da empresa de ônibus chegaram na casa dela e notaram que a chave do cadeado do portão estava pendurada na caixa de correio. Abriram o portão, entraram na casa e encontraram os corpos de Domingas e das filhas Ludmila, de 10 anos, e Aline, de 13, no andar superior da residência.O delegado Samuel Zanferdini disse que os corpos estavam no chão do quarto. Uma marreta foi encontrada no local, mas o instrumento cortante não. Pelas roupas e posições dos cadáveres, a possibilidade é de que o triplo homicídio tenha ocorrido na madrugada de terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.