Mulher é gravemente ferida por dois cães da raça Pit bull

Luciana Corona Braga sofreu ferimentos múltiplos pelo corpo e dilacerações no rosto e no couro cabeludo

Eduardo Kattah,

16 de novembro de 2007 | 18h47

Uma mulher foi atacada na noite de quinta-feira, 15, por dois cães da raça pit bull em um condomínio na cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Conforme ocorrência da Polícia Militar, Luciana Corona Braga, de 35 anos, sofreu ferimentos múltiplos pelo corpo e dilacerações no rosto e no couro cabeludo. Ela trabalhava como diarista na residência localizada no condomínio Fontesville, bairro Milho Branco, região norte da cidade.  Luciana precisou ser submetida a uma cirurgia e permanece internada em estado grave no Hospital de Pronto Socorro.  Os cães pertencem ao proprietário da casa, o representante comercial Adrian Justino Monteiro, 39 anos. Ele foi preso em flagrante, mas liberado depois de assinar um termo se comprometendo a se apresentar à Justiça. Segundo a PM, Monteiro irá responder por lesão corporal. O ataque foi registrado por volta das 22h30. O representante comercial disse aos policiais que estava sendo realizada uma festa em sua casa. Segundo a PM, ele soltou os cães quando saiu para levar convidados embora. Ao retornar, encontrou a diarista bastante ferida e acionou o resgate.

Mais conteúdo sobre:
Pit bull

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.