Reprodução
Reprodução

Mulher é morta a tiros em São José do Rio Preto; ex é suspeito

Técnica de enfermagem de 27 anos tinha medida protetiva contra suspeito, que foi filmado abordando a vítima

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

30 Agosto 2018 | 17h27

SOROCABA - Uma mulher de 27 anos foi assassinada a tiros, na noite desta quarta-feira (29), em São José do Rio Preto, interior de São Paulo. A técnica em enfermagem Ana Cláudia Santos de Oliveira caminhava na rua, próxima de sua casa, no bairro Amizade, quando o assassino se aproximou e fez os disparos. Quatro tiros atingiram a vítima, que morreu na hora. Segundo a polícia, o suspeito é o ex-namorado da vítima, que não se conformava com a separação. Desde o final de julho, ela tinha medida protetiva contra o suspeito por ameaça.

Ana Cláudia rompeu com o namorado há três meses, após uma relação de três anos. Ele passou a persegui-la e a mulher registrou dois boletins de ocorrência por ameaças. De acordo com a Polícia Civil, a vítima voltava do trabalho em um hospital e uma câmera de segurança gravou o momento em que o suspeito a aborda no meio da rua. Ele estava acompanhado de um jovem, supostamente um filho dele de outro relacionamento. Após os disparos, os dois fugiram.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamado, mas a mulher já estava morta. Ana Cláudia deixou dois filhos pequenos. O suspeito não tinha sido localizado até a tarde desta quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.